Dirigente do Milan afirma desconhecer vinda de Beckham

O craque inglês também iria a Milão treinar com a equipe italiana - e será bem-vindo, avisa Galliani

17 de outubro de 2008 | 11h29

O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, comentou nesta sexta-feira os boatos vindos dos EUA, segundo as quais o ala-direito inglês David Beckham, atualmente no Los Angeles Galaxy, estaria planejando se transferir para Milão em janeiro para treinar com o Milan e, talvez, jogar pela equipe italiana."Não sei nada dessa história, mas se David Beckham quisesse treinar conosco, certamente não existiriam problemas", disse o dirigente.Também no ano passado, David Beckham voltou à Europa em janeiro, durante a pausa do Campeonato Norte-Americano. Naquela ocasião, o craque britânico treinou com o elenco do Arsenal, da Inglaterra.Desta vez, no entanto, devido à crise financeira que atingiu os EUA e aos resultados decepcionantes de sua equipe, que não deve se classificar para os play-offs pelo terceiro ano consecutivo, Beckham pode estar decidido a voltar para o Velho Continente de maneira definitiva, vestindo a camisa rossonera."Beckham no passado esteve muito próximo do Milan, mas não falo com ele desde a noite quando decidiu se transferir para o Galaxy, portanto não sei nada", declarou Galliani, durante a apresentação dos patrocínios do Milan para a temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.