Dirigente do Milan garante renovação do contrato de Pato

O atacante Alexandre Pato não deixará o Milan tão cedo. Quem garantiu a permanência do brasileiro foi o vice-presidente do clube milanês, Adriano Galliani. Nesta quinta-feira, o dirigente da equipe de Milão disse que já tem tudo acertado para renovar o atual contrato do jogador, que vai até junho de 2012. "Pato terá uma extensão de contrato", revelou Galliani.

AE-AP, Agencia Estado

25 de junho de 2009 | 17h11

Pato está com a seleção brasileira na África do Sul para a disputa da Copa das Confederações, e chegou a afirmar recentemente que sua intenção era permanecer no Milan. Após dizer ter gostado das declarações do atacante, Galliani confirmou que os boatos sobre sua saída não são verdadeiros. "Nós sempre conversamos com o Pato, e os comentários que sejam dos outros continentes costumam ser incorretos", disse. "Não havia dúvidas e não há dúvidas sobre o seu futuro."

No entanto, Galliano admitiu que o Chelsea fez uma proposta atraente pelo jogador de apenas 19 anos. "A única oferta que chegou ao clube foi uma proposta monstro da Inglaterra pelo Alexandre Pato", comentou o dirigente, negando que o meia Pirlo também esteja sendo assediado por alguma equipe. Para encerrar o assunto, o dirigente milanês afirmou que "ninguém precisa se preocupar" com a possível saída de Pato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.