Stephane Mahe / Reuters
Stephane Mahe / Reuters

Dirigente do PSG garante permanência de Neymar e Mbappé

Alvos de especulações durante a Copa do Mundo da Rússia, atacantes não deixarão clube francês

O Estado de S. Paulo

16 de julho de 2018 | 17h53

Especulados como possíveis reforços, principalmente do Real Madrid, na janela de transferências do meio do ano, os atacantes Neymar e Mbappé seguirão defendendo as cores do Paris Saint-Germain. Ao menos foi o que garantiu o diretor de formação do clube, Luis Fernández, em entrevista ao programa T4, da Rádio Marca.

+ Estafe de Neymar quer 'plano de emergência' para recuperar imagem do atacante

+ PSG vai aumentar salário de Neymar para afastar o Real Madrid, diz jornal

+ 'Estou apenas começando, grandes coisas ainda virão', diz Mbappé

"Neymar decidiu permanecer no PSG. Tem vontade de triunfar. Quer conquistar títulos no clube", falou o dirigente, a respeito do brasileiro. 

Na última sexta-feira, o próprio Real Madrid se viu obrigado a divulgar um comunicado negando que estivesse elaborando uma proposta pelo camisa 10 da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia. Os rumores cresceram com boatos de que os espanhóis haviam enviado um representante a Santos para negociar com o pai do jogador, que também cuida da carreira do filho: 

"Diante das contantes informações que vinculam o jogador Neymar Jr, do PSG, com nosso clube, o Real Madrid quer deixar claro que não tem prevista nenhuma oferta pelo jogador. A relação entre os clubes é extraordinária, de forma que, se em algum momento o Real Madrid planejar contratar um jogador do PSG, a primeira coisa que faria seria se dirigir ao clube."

A respeito de Mbappé, o diretor do clube parisiente afirmou: "Também fica. Disse a ele. Quer ganhar a Champions League com o PSG. O fair play financeiro? Não me preocupa. O importante é que tanto Neymar como Mbappé querem ficar no PSG", emendou.

Recém-campeão com a seleção francesa, o garoto de 19 anos saiu da Rússia com a taça do Mundial, além do prêmio de revelação da Copa. Antes mesmo da final, porém, já se especulava que o Real teria interesse em trazer alguém de peso para substituir Cristiano Ronaldo, que trocou Madri por Turim, onde defenderá a Juventus.

Comparações. Fernández também foi perguntado sobre as comparações de Mbappé com Ronaldo Fenômeno: "São distintos. E Mbappé é jovem também. Fez coisas magníficas porque (Didier) Deschamps (técnico da França) o colocou pela direita. Tem trabalhado e fez uma grande Copa do Mundo. Tem essa velocidade, essa arranque, mas quando tem 19 anos, não está no máximo. O mais difícil começa hoje, corresponder a confiança colocada sobre ele."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.