Arquivo/AE
Arquivo/AE

Dirigente do São Paulo prevê negociação de jogadores

Marco Aurélio Cunha admite saída de peças importantes do elenco e abre as portas para chegada de Alex Silva

Marcius Azevedo - Jornal da Tarde,

29 de abril de 2009 | 12h30

No São Paulo, ninguém esconde que a saída de peças importantes do elenco é inevitável. Destaques do time de Muricy Ramalho, os zagueiros André Dias e Miranda, além do meio-campo Hernanes, são os nomes constantemente sondados por clubes do exterior.

 

Veja também:

tabela Copa Libertadores - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Fatalmente alguém saíra", afirmou o superintendente de futebol Marcou Aurélio Cunha. "Não sei se o Miranda será o primeiro. Ele tem o perfil do jogador europeu, participou das Eliminatórias da Copa pela seleção e, no mínimo, deve haver alguma consulta", reconheceu.

 

A diretoria são-paulina ainda não confirmou qualquer proposta oficial a seus jogadores. No entanto, na semana passada, jornais italianos especularam o nome de Miranda para formar a dupla de zaga com o também brasileiro Thiago Silva (ex-Fluminense), em uma possível renovação do elenco do Milan.

 

Se por um lado é especulação que vai, o São Paulo também faz suas sondagens. Negociado pelo clube em 2008 com o Hamburgo, Alex Silva admitiu estar insatisfeito na Alemanha e declarou o desejo de retornar ao Morumbi. O clube, abriu as portas para o atleta, desde que ele consiga a sua liberação.

 

"O Alex é um grande jogador queridíssimo no São Paulo e é lógico que gostaríamos de tê-lo aqui. Mas seria insensato achar que o Hamburgo o liberaria sem uma compensação financeira", disse Marco Aurélio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.