Dirigente garante que Grafite fica no clube até 2017

Quando Grafite deixou o futebol do Catar retornou ao clube após 13 anos, o ex-atacante do São Paulo garantiu: “Quero realizar um sonho, que é conquistar um título pelo Santa.” A promessa foi cumprida no último domingo quando o time garantiu a Copa do Nordeste. Aos 37 anos, Grafite se sente em casa no Recife e conta com apoio e carinho da torcida do Santa, a quem dedicou o título semana passada.

VÍTOR MARQUES, O ESTADO DE S.PAULO

07 de maio de 2016 | 17h00

Esta é a terceira passagem do atacante pelo time pernambucano, a primeira foi em 2001. Quando o clube anunciou seu retorno, em junho do ano passado, a torcida fez festa e Grafite foi recepcionado de helicóptero.

O contrato dele com time termina em julho. Houve sondagens de outros clubes da Série A, mas o vice-presidente Constantino Júnior garante que Grafite continua e vai disputar o Brasileirão pela equipe pernambucana.

“Nossa ideia é que ele fique no clube até o fim de 2017. Ele se cuida bastante, está inteiro para continuar jogando”, afirmou o dirigente ao Estado. “Vamos investir mais, trazer reforços, mas sempre com o pés no chão, com base na nossa realidade."

Tudo o que sabemos sobre:
Santa Cruz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.