Thais Fernandes/CBF
Thais Fernandes/CBF

Dirigentes de times se reúnem na CBF para tratar da criação de clube-empresa

Projeto está em fase de discussão na Câmara dos Deputados, mas os cartolas querem ter maior participação na elaboração do texto

Marcio Dolzan / RIO, O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2019 | 20h02

Dirigentes da Comissão de Clubes da CBF e de agremiações convidadas das Séries A, B e C se reuniram na tarde desta quinta-feira, na sede da entidade, para debater a criação de clube-empresa. O projeto está em fase de discussão na Câmara dos Deputados, mas os cartolas querem ter maior participação na elaboração do texto que futuramente deverá tramitar no Congresso.

A ideia de permitir que os times se transformem em empresas de capital aberto ou mesmo limitadas é bem vista no geral por dirigentes, mas é quase unanimidade entre eles que a questão precisa ser tratada com cautela. Entre os deputados, existe um movimento para tentar colocar o projeto em pauta ainda este ano. Os clubes, por sua vez, preferem não ter pressa.

"Chegamos a um consenso de que o tema precisa ser melhor avaliado. Tem pontos a se debater. Os clubes vão fazer isso com mais profundidade, com os departamentos jurídicos, com pessoas especializadas no assunto, para que a gente entenda a melhor forma de propor algo construtivo para o futebol brasileiro", disse o presidente do Palmeiras, Maurício Galliote.

Para Entender

Projeto clube-empresa: dos 20 times do Brasileirão, 15 aprovam mudança

Levantamento do 'Estado' mostra que maioria aprova transformação para S.A. que será discutida no Congresso neste segundo semestre

Dentre as preocupações está o que alguns presidentes veem como "insegurança jurídica". Os clubes esperam ter algumas diferenças na forma de tributação em relação a de empresas "normais", da mesma forma no que diz respeito ao regime de contratação dos jogadores. Porém, há o temor de que isso possa gerar problemas futuros com a Justiça do Trabalho, por exemplo.

Na próxima segunda-feira, um novo encontro de dirigentes está previsto para tratar do assunto. Os cartolas estão trabalhando na confecção de um texto que deverá ser encaminhado ao Congresso com sugestões para a elaboração da lei.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolclube empresa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.