J. F. Diório/Estadão
J. F. Diório/Estadão

Discurso de Zé Roberto inflama Palmeiras antes de vitória em estreia

Novo titular da lateral-esquerda exalta grandeza do clube e cita até idolatria da torcida por Edmundo em discurso antes do jogo começar

Mateus Silva Alves, O Estado de S. Paulo

31 de janeiro de 2015 | 20h45

Acabado o jogo contra o Audax, uma tranquila vitória que deixou empolgados os torcedores do Palmeiras, jogadores e o treinador da equipe alviverde exaltaram a importância do veterano Zé Roberto para o triunfo. O motivo: antes da partida, o lateral-esquerdo pediu a palavra e fez um discurso de motivação que deixou todos arrepiados. Até Oswaldo de Oliveira, homem que já viu de tudo no futebol, ficou impressionadíssimo. Foi tamanha a força das palavras que o time até se atrasou para a entrada em campo.

Basicamente, Zé Roberto exaltou a grandeza do Palmeiras e pediu aos companheiros que honrassem uma camisa tão pesada. Ele, no calor do discurso, citou até um dos maiores ídolos da torcida palmeirense, o atacante Edmundo. "Eu me lembro de quando jogava aqui contra o Palmeiras (pela Portuguesa, em seu início de carreira) e a torcida gritava ''Au, Au, Au, Edmundo é animal''. Era algo muito marcante", disse o lateral. "Ele foi um jogador que ficou na história do Palmeiras pela raça que mostrava em campo. E nós temos de fazer o mesmo, temos de nos espelhar nele".

A decoração do vestiário do novíssimo Allianz Parque também inspirou Zé Roberto. As paredes do local estão cobertas por fotos dos grandes times da história do Palmeiras. E é lá que o jogador quer ter seu retrato no futuro. "A primeira coisa que eu falei no meu discurso foi: ''O Palmeiras é grande''. Foi tipo um grito de guerra", contou ele. "E eu vi nos olhos dos jogadores que eles também querem ter suas fotos na parede".

O meia Robinho, autor de um dos gols da vitória sobre o Audax, se disse encantado com as palavras de Zé Roberto. "Ele incendiou o time", contou. O mesmo afirmou seu chefe, Oswaldo de Oliveira. "Nós entramos atrasados porque o Zé Roberto fez um discurso para iniciarmos bem o campeonato", disse. "Foi um negócio emocionante. Fiquei arrepiado o jogo todo ao ver em campo o reflexo daquilo que ele disse. Ele foi muito importante durante a partida e também antes do jogo".

O treinador, aliás, espera mais contribuições desse tipo de seu jogador mais experiente. "Ele tem tido apartes muito interessantes. Mas hoje (sábado) ele se superou".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.