Discursos bem diferentes no Palmeiras

Estevam Soares e os seus jogadores vão ter muito o que conversar nesta segunda-feira no Centro de Treinamento. O treinador e os atletas saíram sem se entender do Morumbi no sábado. O Palmeiras perdeu para o São Paulo por 2 a 1 no último lance da partida. O resultado foi péssimo.Se vencesse, o clube estaria em terceiro no Brasileiro. A derrota fez o time despencar para a sexta colocação com 56 pontos, fora da zona de classificação para a Libertadores.O próximo adversário é o Paraná. O jogo será quinta-feira, no Parque Antártica, e terá a volta de Magrão, que estava suspenso. "Temos muito o que conversar. Se queremos conquistar alguma coisa neste Brasileiro, precisamos querer vencer", desabafava Sérgio, líder do grupo. "Faltou jogar na frente. Só o São Paulo atacou", resumiu Pedrinho.Já o treinador discursa diferente. "Eu vou conversar com os atletas porque eu pedi para atacar. Vou querer saber o que aconteceu. Estou até com dor de cabeça de tanta irritação", diz Estevam.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2004 | 19h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.