Alberto Lingria/Reuters
Alberto Lingria/Reuters

Disparada na liderança, Juventus vence Bologna com gol de Dybala

Argentino garante vitória por 1 a 0 fora de casa e leva equipe a 69 pontos na tabela

Redação, Estadão Conteúdo

24 de fevereiro de 2019 | 13h51

Sem muito brilho, mas com a eficiência que tem marcado o seu domínio do futebol local nas últimas temporadas, a Juventus conquistou mais uma vitória no Campeonato Italiano. Neste domingo, o time de Turim superou o Bologna por 1 a 0, fora de casa, no Estádio Renato Dall'Ara, em duelo válido pela 25ª rodada.

O triunfo ampliou a quase perfeita campanha da Juventus no Italiano. O time continua invicto na competição, com 69 pontos, que foram somados em 22 vitórias e três empates. Já o Bologna permanece na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 18 pontos, a três do Empoli, o primeiro clube fora da degola.

O Bologna escalou o zagueiro Danilo como titular, enquanto o lateral-esquerdo Alex Sandro começou jogando pela Juventus, que teve uma atuação apagada, assim como o seu principal astro, o português Cristiano Ronaldo. Artilheiro do Campeonato Italiano com 19 gols, ele havia marcado três vezes nos três últimos duelos, mas até furou em uma tentativa de finalização na etapa inicial e sofreu com a retranca do Bologna.

Se Cristiano Ronaldo não se destacou, a Juventus contou com o brilho de outro atacante para assegurar a sua vitória. Dybala, que havia substituído Alex Sandro aos 14 minutos do segundo tempo, definiu o triunfo aos 22, aproveitando um corte errado de Helander após cruzamento de Matuidi, finalizando às redes.

Também neste domingo, o lanterna Chievo, com dez pontos, não saiu do 0 a 0 com o Genoa, 13º colocado, com 29. Na zona intermediária da classificação, com 31 pontos, o Sassuolo empatou em casa por 0 a 0 com o SPAL, que está com 23, sob risco de rebaixamento. Federico Peluso abriu o placar para os mandantes, que foram vazados por Andrea Petagna, de pênalti.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolJuventus de TurimDybala

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.