Sergei Karpukhin/ Reuters
Sergei Karpukhin/ Reuters

Disputa de jogos de futebol na Rússia está paralisada até 31 de maio

Time mais popular do país, o Spartak Moscou revelou a redução de 40% dos salários dos jogadores por causa da covid-19

Redação, Estadao Conteudo

01 de abril de 2020 | 17h37

Os jogos de futebol na Rússia estão suspensos até 31 de maio. O anúncio foi feito, nesta quarta-feira, pela União de Futebol da Rússia (UFR), por causa da pandemia de coronavírus, que já registrou cerca de 2,8 mil casos no país e 24 mortes. O futebol russo foi um dos últimos a paralisar suas atividades em 17 de março.

"Trata-se de uma situação irreversível e um assunto de força maior, que torna impossível a prática de futebol profissional", escreveu a UFR em comunicado oficial. A entidade também orientou os clubes a não romper contrato de forma unilateral, mas busquem reduzir os gastos.

Time mais popular da Rússia, o Spartak Moscou revelou a redução de 40% dos salários dos jogadores por causa da covid-19, até a retomada dos treinamentos.

No momento da paralisação do campeonato, a oito rodadas do final da competição, o Zenit liderava com 50 pontos, contra 41 de Lokomotiv e Krasnodar, segundo e terceiro colocados, respectivamente. O Spartak é a decepção, com apenas 28 pontos, na oitava colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.