Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Disputa por vaga no ataque santista se acirra após gol de Diogo Vitor no clássico

Jair Ventura comanda nesta segunda-feira à tarde, no CT Rei Pelé, o primeiro treino para o jogo contra o Novorizontino

Estadão Conteúdo

05 Março 2018 | 13h29

O técnico Jair Ventura comanda nesta segunda-feira à tarde, no CT Rei Pelé, o primeiro treino do Santos visando o jogo contra o Novorizontino, na quarta, às 19h30, em Novo Horizonte, pela penúltima rodada da primeira fase do Paulistão. Na atividade, o comandante vai começar a definir a equipe para o confronto ao mesmo tempo em que a disputa por uma vaga no ataque titular se acirrou ainda mais.

+ Confira a classificação do Campeonato Paulista

Essa briga para entrar no setor ofensivo aumentou depois que o garoto Diogo Vitor marcou o gol do empate por 1 a 1 com o Corinthians, no último domingo, no Pacaembu, pela décima rodada do Estadual. Com a atuação decisiva, ele se tornou candidato natural a entrar em um trio ofensivo que hoje conta com Gabriel como titular absoluto e Eduardo Sasha teoricamente garantido na equipe pelo bom desempenho que vem apresentando nas últimas partidas.

Escalado como titular na vaga do suspenso Gabriel no domingo, Rodrygo é outra opção para Jair, assim como também é Arthur Gomes, que substituiu Copete no decorrer do clássico com os corintianos. Diogo Vitor, por sua vez, foi colocado em campo no lugar de Rodrygo durante a partida no Pacaembu.

O comandante santista, porém, despistou ao ser questionado sobre o trio de ataque que pretende mandar a campo contra o Novorizontino. Além de ter feito vários elogios a Diogo Vitor, ele exaltou os momentos vividos pelos outros jovens que hoje lutam por uma vaga neste setor da equipe.

"O Rodrygo estava pedindo passagem, entrando bem. Ele deu uma oscilada, mas voltou melhor. O Arthur teve sete ou oito jogos como titular. Agora era a hora do Rodrygo. Brinquei com ele: vamos ver se você vai ser o 17 ou o 7, o que entra bem ou o que joga desde o início. E ele foi bem. O Arthur também entrou bem", analisou Jair, em entrevista coletiva após o clássico.

O comandante também poderá poupar alguns titulares nesta quarta-feira, pois o Santos garantiu a classificação antecipada às quartas de final do Paulistão com o empate do último domingo e depois ainda fechará a sua campanha nesta fase no próximo domingo, contra o São Bento, na Vila Belmiro. A equipe santista tem agora como principal objetivo assegurar a ponta do Grupo D da competição, que também é almejada pelo Botafogo, de Ribeirão Preto, vice-líder da chave, com 15 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.