Divulgação
Divulgação

Divisões de acesso em SP têm Guaratinguetá, Paulista e Marília rebaixados

Grêmio Barueri perde suas 19 partidas na Série A3

Estadão Conteúdo

04 de abril de 2016 | 18h14

Times tradicionais do interior de São Paulo fizeram feio nas divisões de acesso do Estadual. As fases de classificação das Série A2 e A3 chegaram ao fim no domingo e rebaixaram diversos times de camisa, como Paulista, Marília, Rio Branco (na A2), São José e Guaratinguetá (A3).

O caso mais peculiar é do Guaratinguetá. A equipe está na Série C do Campeonato Brasileiro, mas caiu para a quarta e última divisão do Paulista. No ano que vem, deverá ficar sem torneios para disputar no primeiro semestre, precisando jogar o Nacional e a última divisão estadual na segunda metade da temporada.

O Grêmio Barueri, que jogou o Brasileirão em 2009 e 2010, chegou a perder partidas por W.O. e, sem elenco, conseguiu a façanha de perder todas as 19 partidas da Série A3. Foi rebaixado junto com São José (vice-campeão paulista em 1989), Itapirense, Primavera e Fernandópolis.

Na A2, já era esperado que alguns clubes tradicionais caíssem. A competição contava com diversos times que já foram campeões ou vice de torneios nacionais e rebaixaria seis clubes. Acabaram rebaixados Paulista (campeão da Copa do Brasil de 2006), Marília (jogou a Série B de 2008), Rio Branco, Independente, Atlético Sorocaba e Monte Azul.

A briga pelo acesso para a Série A1 está restrita a oito clubes, que vão jogar em formato de mata-mata até garantir o acesso aos finalistas. Pela ordem, se classificaram: São Caetano, Bragantino, Mirassol, Barretos, Taubaté, União Barbarense, Batatais e Santo André. Os confrontos serão em ida e volta. São Caetano e Bragantino, ambos times que já foram vice-campeões brasileiros, são os favoritos.

Na Série A3, os oito times serão divididos em dois grupos e apenas o campeão de cada chave vai subir. Num grupo estão Flamengo de Guarulhos (primeiro da fase de classificação), Sertãozinho, Matonense e Nacional. No outro, Atibaia (segundo), Rio Preto, São Carlos e Catanduvense.

Comercial, Inter de Limeira e Noroeste, tradicionais, seguem na Série A3. Guarani e Portuguesa também ficam na A2 para a próxima temporada. Oeste, Capivariano e Rio Claro já estão rebaixados na Série A1 antes da última rodada. XV de Piracicaba, Mogi Mirim, Botafogo, Ferroviária e Água Santa são os candidatos a ficarem com as outras três vagas na degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.