Djalma Santos tem nova melhora e deixa UTI em Minas

O ex-jogador Djalma Santos, que está internado no Hospital Hélio Angotti, em Uberaba (MG), deixou nesta quinta-feira a unidade de tratamento intensivo (UTI) do local, onde vinham recebendo tratamento nos últimos dias por causa de uma infecção respiratória aguda.

AE, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 20h29

Internado desde o dia 1.º de julho, o ex-jogador de 84 anos vem tendo uma inconstante recuperação, pois essa não é a primeira vez que deixa a UTI após ter voltado para a mesma na última terça durante este período no hospital.

O novo boletim médico divulgado pela equipe médica que cuida do bicampeão mundial, vencedor com o Brasil nas Copas de 1958 e 1962, porém, confirmou a melhora clínica que permitiu a Djalma Santos deixar a UTI às 15h50 desta quinta.

O próprio ex-jogador, por meio de nota que assinou em conjunto com sua família, festejou o restabelecimento gradativo de sua saúde. "Djalma Santos e família agradecem a todos aqueles que, mesmo à distância, torceram pela sua recuperação. Agradecemos à cidade de Uberaba, seus representantes e, especialmente, a toda equipe do Hospital Dr. Hélio Angotti pelo apoio, dedicação e carinho com que estamos sendo tratados", escreveu.

Djalma Santos já havia apresentado melhora na última quarta-feira, quando passou a respirar sem ajudar de aparelhos, retomou a consciência e animou os médicos. Além de ter sido bicampeão do mundo com a seleção brasileira, ele colecionou títulos com as camisas de Portuguesa, Palmeiras e Atlético-PR.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolDjalma Santos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.