Djalminha agride técnico com cabeçada

O meia Djalminha acrescentou nesta quarta-feira mais um episódio lamentável em sua controvertida carreira. Inconformado com a marcação de um pênalti contra sua equipe durante um treinamento do Deportivo La Coruña, o jogador se voltou contra o técnico Javier Irureta e lhe desferiu uma cabeçada.O incidente aconteceu durante um treino coletivo entre titulares e reservas. Num determinado momento, o auxiliar-técnico Paco Melo marcou um pênalti contra a equipe reserva, onde estava Djalminha. Revoltado com a marcação, o brasileiro tentou impedir a cobrança e por várias vezes, chegou a tirar a bola da marca do pênalti. Irritado, o treinador entrou no campo e exigiu que Djalminha deixasse o treinamento. A reação veio de forma destemperada, com uma cabeçada em Irureta. Pouco depois, o técnico tentou minimizar os problemas. "Foi um pequeno incidente, nada grave. Vamos resolver isso pelos mecanismos internos do clube?, afirmou. Apesar disso, é pouco provável que o jogador continue no La Coruña. Nesta temporada, Djalminha perdeu a vaga de titular no La Coruña; vem irritando os dirigentes por ter sido expulso em jogos decisivos, além de provocar atritos com companheiros. O incidente desta quarta, no entanto, pode custar caro. No dia 6 de maio, o técnico Luiz Felipe anuncia a lista dos jogadores que vão ao Mundial da Coréia e Japão e Djalminha deve ficar de fora justamente por causa do critério disciplinar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.