Djalminha quer disputar a Libertadores

O meia Djalminha, de 34 anos, não decidiu se continua jogando profissionalmente, mas deixou claro que sua motivação depende das propostas que receber. "Sei que não vou ganhar aqui o que ganhava na Europa, mas minha preocupação não é financeira. Quero um clube com bom projeto para 2005", declarou. Por bom projeto, Djalminha deixou subentendido o seguinte: um clube que dispute a Libertadores e com uma boa estrutura (pague o salário em dia). "A Libertadores é um torneio que joguei poucas vezes e nunca conquistei. Além disso, no primeiro semestre, só há os campeonatos regionais. Não tenho dúvidas que a Libertadores é o torneio mais importante do primeiro semestre do ano", justificou. Dos cinco clubes que disputam a Libertadores, quatro são paulistas: Santos, São Paulo, Santo André e Palmeiras. Djalminha admitiu que o futebol paulista, hoje, é um dos mais organizados do País. Dos quatro, Djalminha contou que só recebeu um contato do São Paulo, mas no ano passado. "Porém, eu já estava negociado com o América do México e não prosseguimos a conversa", explicou. Djalminha contou que passou o mês de dezembro longe do futebol. "Tirei férias com a minha família. Não quis saber de nada relacionado ao futebol. Só agora estou analisando as propostas e vou decidir o que fazer. Acho que mais sete a dez dias, devo ter uma decisão definitiva", declarou. A aposentadoria ainda é uma possibilidade. "Se não encontrar motivação, posso párar de jogar, mas nos últimos dias, sinto cada vez mais vontade de continuar. O corpo parece que pede mais exercício. Hoje, diria que a vontade de continuar jogando é maior", afirmou. Há também a possibilidade de jogar no exterior. "Recebi algumas propostas interessantes, mas meu pensamento inicial era ficar no Brasil. Joguei oito anos no exterior e se encontrar uma boa proposta, com um bom projeto para 2005, prefiro voltar para o Brasil. Sei que a cobrança sobre mim será grande. Por isso, quero jogar numa boa equipe", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.