Dodô desperdiça pênalti e Flu perde para o Sport

Com pensamento em competições diferentes, equipes fazem jogo movimentado na Ilha do Retiro

Mônica Bernardes, Especial para O Estado de S. Paulo

25 de maio de 2008 | 19h40

O Sport derrotou o Fluminense neste domingo, no estádio da Ilha do Retiro, por 2 a 1 em jogo marcado pelos passes errados. O herói da partida foi o goleiro pernambucano, Magrão, que defendeu um pênalti de Dodô no final do jogo e garantiu a vitória para o time da casa. Veja também: Classificação Calendário / ResultadosDe olho nos jogos do meio de semana, quando terão compromissos pela Copa do Brasil e Libertadores da América, as duas equipes entraram em campo com times mistos. O Sport enfrenta o Vasco pelas semifinais da Copa do Brasil enquanto o Fluminense terá pela frente o Boca Juniors, pela Libertadores.Coube ao Sport a iniciativa do jogo, com o primeiro chute a gol. Passados os minutos iniciais do jogo, o Fluminense começou a chegar com mais perigo, chegando perto de abrir o placar com Romeu, aos 15 minutos, cabeceando certeiro após cruzamento na área. Magrão se esticou e fez boa defesa, salvando o Sport. Trocando passes no meio de campo, a equipe carioca procurou valorizar a posse de bola, mas num contra-ataque rápido, o Sport chegou com velocidade obrigando o lateral Carlinhos a fazer falta na meia-lua. Júnior Maranhão cobrou e abriu o placar, marcando o primeiro gol do time pernambucano no Campeonato Brasileiro. O jogo continuou morno, com as duas equipes abusando dos erros.O segundo gol só saiu aos 36 minutos do segundo tempo, com Leandro Machado, que acabara de entrar no lugar de Roger. O lance gerou protestos dos jogadores do Fluminense, que reclamaram de impedimento do atacante rubro-negro. Quando os quase 20 mil torcedores rubro-negros já comemorava a vitória, o zagueiro Gabriel entrou de carrinho e foi o expulso. Dodô cobrou a falta, aos 43 minutos, no canto, longe do alcance de Magrão, e diminuiu a vantagem do time pernambucano.Os minutos finais do segundo tempo, que teve três minutos de acréscimo, foi marcado por grande pressão do Fluminense, com um jogador a mais em campo. Aos 45 minutos, Leonardo foi derrubado na área por César e o juiz Leandro Vuaden marcou pênalti. Dodô se encarregou da cobrança, chutando rasteiro no canto. O goleiro Magrão pulou no canto certo e defendeu, se tornando o herói do jogo.SPORT 2 x 1 FLUMINENSESport: Magrão, Luisinho Netto (Diogo), César, Gabriel, Fábio Gomes, Daniel Paulista, Éverton, Júnior Maranhão (Peter), Luciano Henrique, Carlinhos Bala e Roger (Leandro Machado). Técnico: Nelsinho BatistaFluminense: Fernando Henrique, Carlinhos, Anderson, Roger, Dieguinho, Fabinho(Leonardo), Romeu, Maurício, Arouca (Alan), David (Mário Sérgio) e Dodô. Técnico: Vinícius Eutrópio.Gols: Júnior Maranhão, aos 23 minutos do primeiro tempo; Leandro Machado, aos 36; Dodô, aos 43 minutos do segundo tempoÁrbitro: Leandro Vuaden (RS) Cartões Vermelhos: Gabriel (Sport) Cartões Amarelos: César, Luisinho Netto, Éverton, Róger, Fábio Gomes e Romeu (Sport); Anderson, Carlinhos (Fluminense) Local: Ilha do Retiro, Recife Público: 19.933 totalRenda: não disponível

Tudo o que sabemos sobre:
FluminenseSportBrasileirão Série A

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.