Dodô diz que não foi dispensado pelo Oita

A notícia, distribuída ontem por algumas agências internacionais, anunciando que o atacante Dodô, ex-São Paulo, Santos, Botafogo e Palmeiras teria sido dispensado pelo Oita Trinita, da Primeira Divisão do Japão, surpreendeu o jogador, que afirma ter partido dele a iniciativa de deixar o clube. ?Não estava satisfeito no Oita e pedi para que meu empresário (Juan Figger) viesse para o Japão para tratar da minha saída, o que ficou resolvido apenas ontem?, garante. Segundo o atacante, seu desejo de não mais jogar pelo Oita foi motivado pelo fato de a diretoria do clube não ter cumprido com o que havia prometido quando de sua contratação, no segundo semestre do ano passado. Dodô deverá permanecer no Japão por mais alguns dias, para acertar algumas pendências com o ex-clube. Ao mesmo tempo, seu empresário define seu futuro. Figger diz que o atacante pode se transferir para a Europa ou aceitar alguma das propostas recebidas de clubes brasileiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.