Dodô não defende mais o Americana na Série B

No início da Série B do Campeonato Brasileiro, o Americana acertou a contratação do experiente atacante Dodô como a principal esperança de gols para levar o time à elite. No entanto, o "artilheiro dos gols bonitos" terá que passar por uma cirurgia e não vai mais atuar nesta temporada.

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2011 | 20h04

Dodô disputou apenas nove partidas com a camisa do time paulista, mas mostrou sua competência e balançou as redes em cinco oportunidades. No final de julho, porém, iniciou um tratamento no joelho direito e não conseguiu se recuperar desde então. Por isso, a diretoria, junto com o departamento médico, achou melhor o atacante ser submetido a uma cirurgia.

"Conversamos e vimos a necessidade da intervenção cirúrgica. Vamos dar todo o suporte e apoio ao jogador. O Dodô fará uma artroscopia para corrigir um problema de cartilagem no joelho direito, com seu médico, Renê Abdalla, e infelizmente está fora dessa temporada", comentou o presidente do Americana, Israel Vieira.

Aos 37 anos, Dodô acumula passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, como Fluminense, São Paulo, Santos, Botafogo, Palmeiras e Vasco. Em 97, quando defendia o São Paulo, o atacante chegou a ser convocado para defender a seleção brasileira.

O Americana se prepara para o confronto do próximo sábado contra o Barueri, na Arena Barueri, pela 27.ª rodada da Série B. A equipe se encontra em quarto lugar, com 44 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAmericanaDodô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.