Dodô pode deixar Fluminense após ato de indisciplina

Os dias de Dodô como jogador do Fluminense estão perto do fim, ao que tudo indica. Depois de criar vários problemas com o ex-técnico Renato Gaúcho, acreditava-se que o jogador teria nova postura com a chegada de Cuca para comandar o Tricolor, com quem teve bom relacionamento nos tempos de Botafogo, mas isso não aconteceu. O atacante criou sério desconforto ao se manifestar, no vestiário, de forma dura por ter sido substituído durante o empate contra o Sport, na última rodada do Campeonato Brasileiro. A diretoria já conversa sobre o caso e estuda uma rescisão de contrato."Vou ouvir o Cuca, reunir a comissão técnica e decidir o futuro de Dodô. Parece que houve realmente uma indisciplina a não podemos admitir isso no Fluminense", disse o presidente do clube, Roberto Horcades.Especula-se que o jogador esteja tentando forçar uma situação para sair com direito a receber a multa rescisória. Isso porque Dodô, que está sob julgamento por doping por uso de femproporex (substância estimulante), tem um contrato de risco com o Fluminense e, caso seja punido, o clube poderia romper o acordo sem qualquer ônus.A Federação Internacional de Futebol (Fifa) deverá dar um veredito até o fim da semana. O Fluminense estaria aguardando o resultado para então agir. "Temos que analisar com atenção porque o Dodô tem um contrato de risco", admite Horcades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.