Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Dolorido, Cuca não garante permanência no Santos após Brasileiro: 'Depois vemos'

Presidente e diretor do clube garantem que há interesse em continuar com o treinador na próxima temporada

Leandro Silveira, Estadão Conteúdo

03 de fevereiro de 2021 | 20h53

A reta final do Campeonato Brasileiro também pode representar os últimos passos da terceira passagem de Cuca como treinador do Santos. Nesta quarta-feira, após o empate por 3 a 3 com o Grêmio, em duelo válido pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Porto Alegre, o treinador evitou assegurar a permanência no clube para a temporada 2021.

Cuca tem contrato com o Santos apenas até o fim do Brasileirão. E deixou o futuro aberto, além de admitir que a derrota para o Palmeiras na decisão da Copa Libertadores, no último sábado, ainda lhe incomoda. O treinador ainda não havia dado entrevistas após o confronto, pois foi expulso nos minutos finais da partida.

"Eu tenho contrato com o Santos até dia 24, vou suar sangue a cada minuto até o dia 24. Depois vemos o que faremos. O importante é minha cabeça estar boa, mesmo com coração dolorido, vocês não tem ideia. Estamos nos levantando juntos. Eles me levantam, eu levanto eles. É assim que funciona", afirmou, também reconhecendo que o elenco ficou abalado com o revés.

Anteriormente, o presidente Andrés Rueda assegurou interesse na permanência de Cuca à frente do Santos, em discurso que foi repetido por Jorge Andrade, diretor de futebol do clube, nesta quarta-feira.

"A gente está conversando com ele. O Cuca sentiu muito o jogo, mas vamos ver isso. Gostaria muito que ele ficasse e vou fazer força para que isso aconteça. O Cuca é um fantástico gestor de pessoas e isso facilita o trabalho", afirmou, em entrevista à Rádio Grenal.

Cuca assumiu o comando do Santos em agosto, iniciando a sua terceira passagem como técnico pelo clube - as outras foram em 2008 e 2018. Nesta temporada, além de ter levado o time à decisão da Libertadores, caiu nas oitavas de final da Copa do Brasil para o Ceará.

Com cinco jogos para fazer no Brasileirão, o Santos soma 46 pontos e busca uma vaga nas fases preliminares da Copa Libertadores. O próximo compromisso do time será no sábado, às 21 horas, diante do Atlético Goianiense, fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.