Domingos deixa o Guarani e acerta com clube do Catar

A manhã desta terça-feira deveria ter como destaque no Guarani a apresentação do atacante Schwenck. No entanto, uma notícia inesperada ofuscou a chegada do novo reforço. O zagueiro Domingos comunicou à diretoria que recebeu uma proposta do futebol do Catar, no Oriente Médio, e não defenderá mais o clube neste Campeonato Brasileiro da Série B.

AE, Agência Estado

19 de junho de 2012 | 17h53

O defensor havia renovado O seu contrato, no último dia 28 de maio, e deixa o clube apenas 22 dias depois do acerto. Apesar do vínculo até o final do ano, o clube de Campinas não receberá compensação financeira. É que havia uma cláusula contratual que liberava o jogador em caso de proposta do exterior.

Durante a entrevista que marcou a sua saída, Domingos disse não saber ainda qual será seu novo clube. "Sei apenas que é de Doha (capital do Catar)", afirmou, reforçando que o acordo foi fechado apenas na manhã desta terça por seu empresário, Adriano Spadoto. "É complicado sair, por tudo que o Guarani me proporcionou. Mas a proposta foi muito boa", completou.

Visivelmente abatido, o presidente do Guarani, Marcelo Mingone, lamentou a perda de seu principal zagueiro. "Fico triste porque nós perdemos um grande jogador, mas feliz pelo futuro dele", lamentou.

Domingos chegou ao estádio Brinco de Ouro sob um clima de desconfiança, por sua fama de violento. Em pouco tempo, contudo, conquistou seu espaço com boas atuações e logo virou ídolo. Ele é o terceiro jogador a deixar o clube, após a boa campanha no Campeonato Paulista (vice-campeão). Antes, saíram o zagueiro Éwerton Páscoa, hoje no Santos, e o atacante Fabinho, no Cruzeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGuaraniDomingos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.