Dominguez e Carlos Alberto no Parque

Enquanto a situação de Vágner Love se complica, a MSI anuncia as assinaturas de contrato amanhã de Dominguez Sebastian e Carlos Alberto. O ex-capitão e zagueiro do Newell?s da Argentina e o ex-meia do Porto estarão nesta quarta-feira em São Paulo para acertarem compromisso por quatro ano anos. E com a dispensa de Fábio Baiano, a MSI busca no mercado nacional um novo meia e um lateral esquerdo. Love complicou a sua situação com a entrevista que deu na semana passada, dispensando o CSKA e assumindo ser novo jogador do Corinthians. "Não sei onde o menino estava com a cabeça quando resolveu falar essas coisas. Eu acreditava que ele era um home de palavra, respeitável. A sua postura foi mais do que decepcionante. Ele tem contrato de quatro anos com o CSKA. Não cumpriu nem um e cometeu esse erro absurdo. Ele que tente não voltar à Rússia", diz, ameaçadoramente, o empresário Dionísio Castro, que intermediou a sua venda do Palmeiras para o CSKA. Love já foi orientado pelo seu empresário Cláudio Guadagno a embarcar para Rússia e tentar apelar para a diretoria do CSKA. Ele continua disposto a não voltar de jeito nenhum. O grande incentivo para brigar é o seu filho Vágner Júnior. Filho de uma ex-namorada, ele não tem como levá-lo à Rússia sem levar a mãe do menino e os parentes dela. Acontece que os dois já estão rompidos. O CSKA ameaça procurar a FIFA se o atacante resolver não voltar. Só que o fato de o atacante estar viajando para a Europa nada significa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.