Doni é vaiado e torcida pede Júlio Sérgio

Cientes de que o empate desta quarta-feira diante do Guaraní não foi o resultado ideal para quem joga em casa na Copa Libertadores da América, os jogadores do Santos deixaram rapidamente o campo, enquanto a torcida vaiava Doni e pedia Júlio Sérgio. O goleiro evitou conversar com os jornalistas ainda no gramado, dizendo apenas: "Depois eu resolvo".O zagueiro Alex saiu em defesa do colega: "Ele não falhou, foi uma bola difícil e os paraguaios vão muito bem na bola área, e ele acabou sofrendo o gol?. Alex deixou o campo contundido depois que levou uma pancada abaixo do joelho esquerdo, onde sofre tendinite. Mas isso não preocupa o jogador. "Vamos tratar nestes dois dias e acho que dá para jogar no sábado contra o Marília".Perguntado quanto ao teste no PSV da Holanda, ele disse: "Ainda não está marcado nada, vamos esperar". Alex atribuiu o empate ao fato de seu time ter dado espaço aos paraguaios, que souberam aproveitar.Lopes, o autor do gol do empate e seu primeiro com a camisa do Santos, comentou que "o resultado não era bom para nós, mas tive a felicidade de conseguir o gol do empate".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.