Dono do Milan confirma reunião com irmão de Ronaldinho

Novo primeiro-ministro da Itália diz ter recebido um 'autógrafo muito carinhoso' do meia-atacante brasileiro

Agência Estado

15 de abril de 2008 | 13h01

O dono e presidente do Milan, Silvio Berlusconi, confirmou nesta terça-feira que se encontrou com o irmão e agente de Ronaldinho, Roberto de Assis, na segunda. Berlusconi, que acaba de ser reeleito primeiro-ministro da Itália, falou do encontro para um programa de rádio. "Ele trouxe uma camiseta (de Ronaldinho), com uma dedicatória muito carinhosa para mim.Milan e Inter de Milão estão interessados em contratar o atacante brasileiro, cuja relação com o Barcelona se deteriorou desde o começo desta temporada. Ronaldinho, com uma lesão muscular desde o começo de abril, não deve jogar mais pelo clube espanhol.Ronaldinho tem contrato até 2010 com o Barcelona, mas deve deixar o time já no meio do ano. A imprensa italiana tem informado que Assis e o Milan já teriam um acordo, e que faltaria apenas um acerto com o clube espanhol. A imprensa italiana informou também que o Milan ofereceu a Ronaldinho um contrato de US$ 12,7 milhões, por ano, até 2012, e US$ 31,6 milhões ao Barcelona pelo passe do brasileiro. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.