Reprodução
Reprodução

Dono do Newcastle há dez anos, empresário coloca clube à venda

Mike Ashley abrirá processo para encontrar novos proprietários até o fim deste ano

Estadão Conteúdo

16 Outubro 2017 | 15h50

Um dos times mais tradicionais da Inglaterra, o Newcastle foi colocado à venda nesta segunda-feira. Através de comunicado, o empresário Mike Ashley, dono do clube pelos últimos dez anos, explicou que abrirá processo para encontrar novos proprietários até o fim deste ano.

+ Confira a classificação do Campeonato Inglês

"Como um dos clubes mais antigos e com melhores torcedores do Campeonato Inglês, e em benefício destes muitos fãs e apoiadores no Reino Unido e ao redor do mundo, o Newcastle precisa de uma direção clara e um caminho para um futuro brilhante e de sucesso", justificou o empresário.

Bilionário fundador da empresa Sports Direct, Ashley tem 53 anos e é dono de 100% das ações do Newcastle desde 2007, quando pagou cerca de 135 milhões de libras esterlinas pelo clube. Ele não detalhou as expectativas sobre a venda ou especificou o valor que pedirá para abrir mão da propriedade, mas explicou que deseja concluir o processo até o Natal.

"Para dar ao clube a melhor oportunidade de assegurar a posição e o investimento necessários para levá-lo ao próximo nível, no que é um momento importante de sua história, sua atual liderança determinou que é para o maior interesse do Newcastle e de seus torcedores que o clube seja vendido", explicou Ashley.

Ao longo da década que ficou no comando do clube, o empresário sofre com a pressão popular da torcida, principalmente por causa dos dois rebaixamentos da equipe no período. Ele também não vinha se entendendo com o técnico Rafa Benítez, que reclamou da falta de contratações da diretoria para esta temporada, na qual o time volta a disputar a primeira divisão nacional.

"Para dar ao próximo dono a maior flexibilidade possível para fazer investimentos significativos no clube, incluindo no elenco de jogadores, o processo de venda dará às partes interessadas a oportunidade de postergar boa parte do pagamento", avisou o dono do Newcastle.

Mais conteúdo sobre:
Newcastle Campeonato Inglês

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.