Dono do Steaua diz que recorrerá ao suborno para ser campeão

Milionário Gigi Becali afirma abertamente que comprará rivais para que seu time ganhe o Campeonato Romeno

Efe,

05 de fevereiro de 2008 | 12h12

O dono do Steaua de Bucareste, Gigi Becali, surpreendeu novamente os romenos ao declarar que recorreria aos "botões de comando" para que sua equipe conquistasse o campeonato, o que significa que usará dinheiro para "desestabilizar o adversário" e garantir vitórias. "Vou apertar todos os botões sem parar. Quem tem mais dinheiro tem mais botões. Gigi Becali tem mais dinheiro", declarou o milionário à imprensa. Ele afirmou que lamenta não ter feito isto já no primeiro turno, após o qual o Steaua é o quarto na classificação e corre o risco de não disputar a Liga dos Campeões. Entretanto, Becali afirmou que não subornará os juízos, pois não quer ter problemas com a Promotoria Anticorrupção. "Eu nunca me envolvi com a arbitragem, pois temo desgostos", declarou. A declaração de Gigi Becali surge um ano após ele pagar dois milhões de euros no campeonato passado para que o Steaua subisse para a segunda posição e disputasse a Liga dos Campeões. A Promotoria Anticorrupção avança muito lentamente em uma investigação sobre jogos com resultados manipulados na primeira divisão do Campeonato Romeno na última temporada, apesar de a imprensa esportiva destacar a existência de provas incriminatórias de vídeo e áudio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.