Donos de cativas no Morumbi viram cambistas

Alguns proprietários de cadeira cativa do São Paulo estão aproveitando a escassez de ingressos para a final da Libertadores entre Santos e Boca Juniors, logo mais às 21h40, no Morumbi, e resolveram virar cambistas. Como os 73 mil bilhetes estão esgotados desde domingo, alguns desses proprietários - que têm direito a ingressos para todos os jogos realizados no estádio e, por um preço mais baixo - estão aproveitando para ganhar muito dinheiro. Muitos deles estiveram nas bilheterias do Morumbi nesta quarta-feira pela manhã e retiraram seu ingresso por R$ 15,00. Ainda nas imediações do estádio, eles revendem (ou repassam a cambistas) por nada menos que R$ 150,00. E não adianta pechinchar. O preço só cai um pouco, para cerca de R$ 130, se o torcedor levar pelo menos 20 ingressos, segundo contou hoje de manhã, um desses proprietários transformados temporariamente cambistas. ?Se você quiser um número maior, sei lá; 20, 30 ou 40 ingressos, a gente pode fazer por 130 cada um?, disse um rapaz, que não quis se identificar. O balconista Fabiano Macedo Mira foi assediado por um dos proprietários de cativas. ?Ele (proprietário) me pediu 100 reais para pagar a mensalidade e mais R$ 15,00 do ingresso?, contou Macedo.O empresário Paulo Vitor Dias, de Mogi das Cruzes, comprou um ingresso que dá direito a uma cadeira azul térrea por R$ 150,00. Segundo ele, o dono da cadeira fez até uma advertência. ?Só que você chega mais cedo no estádio e entra direto para não dar bandeira?, disse. O administrador de empresas, Ubaldo Neto contou que vai assistir ao jogo com o cartão de um desses proprietários de quem é amigo, mas também confirmou a existência deste tipo de venda. ?Vocês que são da imprensa precisam ser a nossa AR-15, para derrubar os cambistas?, apelou ele. O tenente Marco Aurélio Valério, do 2º Batalhão de Choque da Polícia Militar admite ter sido informado sobre o problema e da ação de outros cambistas nas imediações do estádio. ?A ação do cambista não é crime. É um bem que ele adquiriu e sobre o qual tem direitos. Por isso não temos argumentos para prendê-los. O que deveria ser questionado e investigado pela imprensa não é ação do cambista em sí, mas como os ingressos chegam às mãos deles?, criticou o policial. Alguns cambistas estão vendendo ingressos de Geral por R$ 50,00 e de Arquibancada por R$ 80,00.INGRESSOS FALSOS - Além da ganância dos cambistas, o torcedor do Santos que não conseguiu ingressos, ganhou hoje mais um problema. Há um derrame de ingressos falsos sendo negociados nas imediações do Morumbi. Segundo os administradores do estádio, a falsificação é grosseira e por conta disso os preços são muito abaixo dos praticados pela maioria dos cambistas: ?Se estiver abaixo de R$ 50,00, pode descartar que é falso?, dizem os administradores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.