Andrew Yares/ AFP
Andrew Yares/ AFP

Donos do Manchester City compram clube da 2ª divisão da Bélgica

Grupo, que é gerido pela família real de Abu Dabi, adquiriu o Lommel SK, da segunda divisão da Bélgica

Redação, Estadao Conteudo

11 de maio de 2020 | 14h32

Donos do Manchester City, o The City Football Group adicionou nesta segunda-feira mais um clube ao seu portfólio. O grupo, que é gerido pela família real de Abu Dabi, adquiriu o Lommel SK, da segunda divisão da Bélgica. Os valores envolvidos na negociação não foram divulgados.

O modesto time belga ocupava a sexta colocação da segundona quando a competição foi paralisada pela pandemia do novo coronavírus. O Lommel manda seus jogos num acanhado estádio para apenas 8 mil torcedores. E sua maior conquista foi chegar à final da Copa da Bélgica em 2001.

"A Bélgica é um dos países com o melhor futebol da Europa, como ficou provado pelas campanhas da seleção nacional e pelo desenvolvimento de jogadores de primeiro nível. Alguns deles nós conhecemos muito bem, como Kevin de Bruyne e Vincent Kompany", disse Ferran Soriano, principal executivo do grupo.

Kompany já defendeu as cores do Manchester City e atualmente atua no Anderlecht, da Bélgica. E De Bruyne é atualmente um dos melhores jogadores da equipe comandada pelo técnico Josep Guardiola.

Com a nova aquisição, o grupo soma nove clubes em seu portfólio. Além do City e do Lommel, pertencem ao The City Football Group: New York City FC, Melbourne City, Girona, Yokohama F. Marinos, Sichuan Jiuniu FC, Mumbai City FC e o Club Atlético Torque. O grupo ainda tem uma "acordo de colaboração" com o Atlético Venezuela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.