Bryan Snyder/Reuters
Bryan Snyder/Reuters

Donovan enaltece orgulho da seleção norte-americana

Autor do gol da classificação afirma que companheiros se esforçaram muito para apagar eliminação precoce da última Copa

AE, Agência Estado

23 de junho de 2010 | 14h23

Depois da vitória dramática da seleção norte-americana sobre a Argélia, com um gol marcado somente aos 45 minutos do segundo tempo, o meia Donovan enalteceu nesta quarta-feira o seu orgulho dos demais companheiros de equipe. O resultado classificou os Estados Unidos como primeiro colocado do Grupo C.

Veja também:

linkEstados Unidos se classificam às oitavas aos 45 do segundo tempo

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

mais imagens IMAGENS - Os melhores lances do jogo

"Ainda estou em choque", afirmou o meia, autor do gol da vitória. "Estou muito orgulhoso dos rapazes. É inacreditável. Clint (Dempsey) arrancou rápido pelo meio no contra-ataque, a bola sobrou para mim, o tempo como que parou. Não tinha como perder o gol".

Entusiasmado, Donovan explicou que os Estados Unidos se esforçaram muito nos últimos anos para tentar apagar a eliminação precoce - ainda na primeira fase - da Copa de 2006. "Trabalhei muito nesses quatro anos. Estou muito orgulhoso que tudo tenha terminado assim. Quando você tenta fazer as coisas da maneira correta, é bom ver a recompensa", garantiu o jogador.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.