Donovan torna-se maior artilheiro dos EUA em todos os tempos

Landon Donovan agora soma 35 gols pela seleção de seu país, deixando para trás Eric Wynalda, com 34

REUTERS

20 de janeiro de 2008 | 12h02

Com um pênalti convertido no segundo tempo do amistoso contra a Suécia, vencido pelos EUA por 2 x 0 no sábado, Landon Donovan se tornou o maior artilheiro do futebol norte-americano em todos os tempos. Ambos os times estavam sem jogadores que atuam nos grandes times europeus. A equipe norte-americana só contou com os talentos locais e a Suécia, que se classificou para a Euro 2008, levou a campo uma formação experimental composta por jogadores da liga nacional. Os EUA abriram o placar aos 15 minutos, quando Pat Noonan lançou na trave um escanteio de Brad Davis que o estreante Eddie Robinson mandou para o canto superior da rede. Aos três minutos da segunda etapa Donovan cobrou tranquilamente um pênalti para os EUA, depois que o reserva Jozy Altidore foi derrubado por Mattias Bjarsmyr.  O 35.º gol de Donovan pela seleção o colocou adiante do recorde de Eric Wynalda. "Teria sido melhor se não tivesse sido um pênalti, mas estou muito orgulhoso e feliz", disse Donovan, que obteve o recorde diante de seus torcedores no estádio do L.A Galaxy, time do inglês David Beckham.

Tudo o que sabemos sobre:
DonavanfutebolEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.