Dores diminuem e Diego Renan deve reforçar Cruzeiro

O lateral Diego Renan demonstrou confiança nesta segunda-feira e disse que deve enfrentar o Santo André, quarta-feira, no Mineirão. O jogador do Cruzeiro precisou ser substituído na vitória sobre o Corinthians, após receber uma pancada no tornozelo, e ainda não está confirmado para o próximo confronto.

AE, Agencia Estado

26 de outubro de 2009 | 20h55

"A pancada foi forte, mas hoje (segunda-feira) está bem melhor. A dor é pouca e não vai ser problema para o jogo contra o Santo André", garantiu o lateral-direito, que vem sendo improvisado na esquerda.

O otimismo de Diego Renan foi corroborado pelo médico Sérgio Freire Júnior, que aposta na recuperação do jogador. "Ele melhorou muito de ontem (domingo) para hoje (segunda-feira). Acreditamos que ele não seja problema e deverá estar em campo", avaliou.

Por outro lado, Freire Júnior praticamente descartou a presença do atacante Wellington Paulista e do zagueiro Leonardo Silva, ambos com estiramento muscular na panturrilha direita. "Hoje (segunda-feira) completaram duas semanas das lesões dos jogadores e nossa previsão era de que eles ficassem afastados de duas a três semanas. As chances de eles jogarem são poucas", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.