Divulgação
Divulgação

Venda de Rodrigo Caio pode ajudar a pagar os salários, diz Dória

Zagueiro do São Paulo torce para receber vencimentos atrasados

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

10 de junho de 2015 | 18h41

O São Paulo negocia o zagueiro Rodrigo Caio com o Atlético de Madrid, da Espanha, e um dos colegas de time vê na possível transferência a chance de o clube adquirir dinheiro para pagar os dois meses de direitos de imagem atrasados do elenco. O zagueiro Dória afirmou nesta quarta-feira que a eventual saída do companheiro de equipe pode ajudar a diretoria a quitar as dívidas pendentes.

"Se o Rodrigo Caio sair, a gente vai perder um grande jogador. Mas o elenco é forte e a venda pode ajudar a pagar alguns salários atrasados, inclusive o meu também", comentou o defensor, sorrindo. No começo desta semana, o vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, disse em entrevista à Rádio Globo que o clube deve dois meses de direitos de imagem e o pagamento deve ser feito até a próxima sexta-feira.

O clube espanhol chegou a oferecer 15 milhões de euros por Rodrigo Caio. A contraproposta do São Paulo foi no valor de 20 milhões, pedida que fez o Atlético de Madrid recuar. Porém, nos últimos dias o time europeu retomou a procurar o clube do Morumbi para negociar a transferência do atleta de 21 anos.

Dória descarta que a pendência nos vencimentos influencia no rendimento do time e elogiou a postura da diretoria para lidar com o problema. "Às vezes está atrasado e o pessoal está pouco se lixando. Mas aqui já vieram falar para a gente e demonstrar possíveis soluções. Recebemos explicações e podemos confiar neles", disse o jogador, que tem contrato de empréstimo até 30 de junho e ainda não sabe se continua no São Paulo ou retorna para o Olympique de Marselha.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCDória

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.