Paulo Fernandes/ Divulgação
Paulo Fernandes/ Divulgação

Doriva define Vasco, mas mantém mistério antes de final

'Na minha cabeça o time já está escalado', revela técnico

Estadão Conteúdo

24 de abril de 2015 | 19h25

Mesmo que Eurico Miranda tenha dito que "ganhamos deles, isso que importa" e que "o resto é o resto" logo após o Vasco eliminar o Flamengo na semifinal do Campeonato Carioca, o time cruzmaltino quer muito o título estadual, que começará a ser decidido neste domingo, diante do Botafogo, no Maracanã. Nesta sexta-feira, o técnico Doriva comandou mais um treino fechado e, na entrevista coletiva que concedeu após a atividade, não quis revelar a equipe que irá a campo.

O treinador, porém, admitiu que já definiu os 11 titulares. "Na minha cabeça, o time já está escalado", avisou. Sem problemas de lesão, a dúvida maior deve ficar sobre quem será o companheiro de ataque de Gilberto, já que Rafael Silva jogou bem nas semifinais e Dagoberto está recuperado.

"O Dagoberto está pronto. Lógico que ele ainda vai sofrer, os jogos são intensos e qualquer atleta sem uma sequência de jogos sofre. Mas ele está próximo do ideal, e só com os jogos vai conseguir atingir seu melhor nível", considerou.

Doriva também destacou a importância do título para a equipe. "Temos a chance de selar nosso trabalho. É o momento de estarmos focados, tem um peso muito grande uma conquista", afirmou, lembrando que o vice "tem pouco valor" no Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoDorivatreino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.