Doriva minimiza novo empate sem gols do Vasco: 'Não corremos riscos'

O Vasco não passou do 0 a 0 com o Cuiabá, na noite de quarta-feira, mas avançou à terceira fase da Copa do Brasil, em São Januário. O quarto empate seguido do time, no entanto, não deixou de preocupar a torcida, em razão da falta de gols na equipe - foram três igualdades por 0 a 0 nos últimos jogos.

Estadão Conteúdo

21 de maio de 2015 | 09h25

O técnico Doriva, no entanto, não parece se preocupar com a sequência. "A gente cria a chance de gol, às vezes você faz e às vezes você perde. Pode ser por méritos do goleiro ou erros de conclusão. A equipe criou, teve controle total do jogo, não correu riscos. Mas o gol de fato não saiu", comentou.

Para o treinador, o empate deve ser minimizado porque o Vasco dominou a partida. "Quando se joga dentro de casa e controla as ações de jogo, devemos considerar como uma boa partida. O que a gente se propôs a fazer neste jogo, fizemos com eficiência. A performance foi boa, acompanhada de vitória seria melhor, mas garantir a classificação é importante."

Apesar disso, Doriva cobrou mais atenção ao time nas finalizações. "Temos que manter o mesmo padrão de jogo e caprichar nas finalizações, aproveitar as oportunidades", declarou o treinador. "A gente não joga para empatar, sempre para vencer. Não ganhar também faz parte do futebol."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoDoriva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.