Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Doriva promete time motivado para 'decisão' com o Atlético-MG

Técnico quer São Paulo focado para jogo que pode decidir o torneio

O Estado de S. Paulo

09 de novembro de 2015 | 10h30

A nova derrota do São Paulo como visitante no Campeonato Brasileiro fez o Santos aumentar a diferença no G-4, além de Inter e Santos se aproximarem. Mas o técnico Doriva disse após a derrota para o Cruzeiro, por 2 a 1, neste domingo, que o elenco não vai se abater e terá ainda condições de jogar com motivação na próxima rodada, quando indiretamente vai influenciar na luta pelo título.

No dia 19, no Morumbi, a equipe recebe o vice-líder Atlético-MG e caso empate ou ganhe o encontro, vai confirmar o título do Corinthians. "Todos estão com um comprometimento muito grande e nossa reação será imediata. Fizemos isso contra o Sport logo depois da derrota para o Santos (pela Copa do Brasil) e vamos tentar fazer o mesmo", disse Doriva na entrevista coletiva após o jogo.

De acordo com o treinador, o desânimo pela derrota para o Cruzeiro é pequeno diante da motivação para buscar vaga na Libertadores. "A gente sabe que estamos vivos na competição. O fato de ter a chance de terminar o Brasileiro com o nosso objetivo, isso por si só já motiva os atletas", comentou. Além do Atlético-MG, a equipe encara Corinthians, Figueirense e Goiás antes de encerrar a campanha.

Doriva lamentou a atuação ruim na derrota de virada para o Cruzeiro e admitiu a superioridade do adversário em alguns momentos. "O Cruzeiro soube impor um forte ritmo de jogo, e por isso fizemos alguns ajustes na marcação no segundo tempo. Conseguimos equilibrar o jogo e criamos chances, mas infelizmente não revertemos em gols. Mas, no geral, foi um jogo dificílimo, porque o Cruzeiro começou muito forte", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.