Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Doriva vê clássico parelho, mas lamenta erro do Vasco no gol

Técnico não gosta da desatenção da defesa no empate do Botafogo

Estadão Conteúdo

30 Março 2015 | 09h36

O técnico Doriva avaliou que o empate do Vasco por 1 a 1 com o Botafogo, domingo, no Maracanã, pela 13ª rodada do Campeonato Carioca, acabou sendo justo, pois o clássico foi parelho. Mas ele também lamentou a desatenção do seu time no gol do adversário, marcado em uma jogada de bola parada.

"Quando o time está perdendo, se lança mais ao ataque. Tivemos essa infelicidade de levar um gol. Treinamos bastante esse tipo de jogada de bola parada tanto ofensivamente quanto defensivamente, mas hoje fomos surpreendidos. Infelizmente tomamos um gol hoje, mas é um setor que a gente está bem tranquilo. Foi um clássico bem disputado e bem parelho", disse.

Doriva, porém, tratou de exaltar a atuação do atacante Gilberto. Autor do gol do Vasco no clássico, o jogador marcou pela quinta vez em cinco partidas disputadas. "Quando a gente contrata um jogador, ainda mais um atacante, que tem a função de fazer gols, ficamos satisfeitos. Ele tem feito parte dele, pois é um atleta muito determinado. Estava fora do Brasil, mas no seu último clube, fez muitos gols. Ele é aguerrido e está nos ajudando muito", afirmou. 

Com o tropeço, o Vasco caiu para o terceiro lugar no Campeonato Carioca, com 29 pontos. O próximo compromisso do time será a sua estreia na Copa do Brasil, nesta quarta-feira, diante do Rio Branco, na Arena da Floresta.

Mais conteúdo sobre:
futebol Campeonato Carioca Vasco Doriva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.