Divulgação - Vasco 11/01/2015
Divulgação - Vasco 11/01/2015

Doriva vê Vasco pronto para bater o Fla, mas pede paciência

Sob pressão, depois de Eurico Miranda dizer que derrotar o rival é prioridade, treinador admite que adversário tem um time mais pronto

Estadão Conteúdo

20 de janeiro de 2015 | 20h21

Embora seja apenas um amistoso, o clássico contra o Flamengo nesta quarta-feira, em Manaus, é um marco neste retorno do Vasco à elite do futebol brasileiro. Recentemente, o presidente vascaíno Eurico Miranda afirmou que vencer o rival é sua prioridade. Sob certa pressão, o técnico Doriva acredita que seu time está pronto para o duelo, mas pede calma por ainda estar em início de preparação.

"Jogos com o Flamengo são jogos importantes. Mas ainda estamos no início. Porém, daremos o nosso melhor em campo para conseguir a vitória", disse o treinador após o treino desta terça-feira. "Estamos evoluindo. Os jogos que darão o nosso parâmetro. Tivemos um jogo-treino só até agora."

O treinador ainda elogiou o time rubro-negro. "O Flamengo é uma equipe praticamente pronta, trouxe alguns reforços e sai um pouco à frente. Mas temos trabalhado para amadurecer as nossas ideias."

Doriva pode ainda ter um desfalque importante. O volante Guiñazu não participou das últimas atividades da equipe em função de problemas familiares e é dúvida para o jogo. "Estamos dependendo ainda da situação do Guiñazu. Se ele tiver condições, vai jogar", encerrou. Caso não esteja apto, Lucas deve ser o substituto.

O time titular deve ser formado por: Martín Silva; Jean Patrick, Luan, Rodrigo e Christiano; Sandro Silva, Guiñazu (Lucas), Bernardo, Marcinho e Montoya; Rafael Silva.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoDoriva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.