Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Dorival admite que não pediu as contratações de Nenê e Tréllez no São Paulo

Técnico afirma que esperava por reforços que fazem outras funções, mas aprova a chegada da dupla

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

29 Janeiro 2018 | 07h00

O São Paulo deve anunciar nessa semana as contratações do meia Nenê e do atacante Tréllez. O técnico Dorival Júnior aprova a chegada dos dois jogadores, entretanto ressalta que não foram pedidos seus.

+ São Paulo acerta o empréstimo de Jonatan Gómez para clube árabe

“Tréllez e Nenê são grandes jogadores, opções apresentadas pela diretoria, opções de mercado. Estávamos trabalhando outros nomes, que fazem outras funções, mas são jogadores que vêm para qualificarmos o grupo. Espero que cheguem bem e façam uma grande competição”, comentou o treinador tricolor.

Dorival espera pela chegada de um atacante de velocidade. No momento, ele conta apenas com Marcos Guilherme e garotos da base com tais características. Tréllez é centroavante e pode até atuar pelas pontas, mas não é velocista. Assim como Nenê, que chegará para atuar no meio de campo e tem um estilo mais técnico.

A diretoria tricolor tentou a contratação de Carlos Eduardo, do Goiás. As conversas não foram adiante, pois o time goiano pediu um valor muito elevado pelo jogador de 21 anos.

No ataque, embora Tréllez esteja chegando, Dorival deve manter Diego Souza como centroavante. “Quero o Diego ali, porque no Sport o André saía da área e deixa ele como sendo homem de penetração. O Diego faz bem a parede, foi o que mais trabalhamos na pré-temporada. É uma questão de tempo e adaptação”, comentou. 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube Tréllez

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.