Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

Dorival aguarda 'ok' da diretoria do São Paulo para voltar a relacionar Cueva

Peruano pediu para não ser relacionado contra o Mirassol e acabou barrado do jogos contra Corinthians e Madureira

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

01 de fevereiro de 2018 | 10h58

O técnico Dorival Junior, do São Paulo, voltou a ser questionado sobre a situação do meia Cueva após a vitória sobre 1 a 0 sobre o Madureira, na quarta, em que o time paulista conseguiu a classificação para a 2ª fase da Copa do Brasil apesar da atuação fraca.

Dorival reclama de calendário apertado e pede paciência à torcida do São Paulo

O treinador disse que aguarda o "ok" da diretoria do clube para voltar a relacionado o meia, barrado após pedir para não ser relacionado para um jogo do Campeonato Paulista. No banco, ele chegou a considerar a possibilidade de sair do clube.  

"Vou contar com ele quando a diretoria achar conveniente", explicou Dorival. "Foi uma situação provocada pelo Cueva, não pela diretoria, comissão ou jogadores. Quando a diretoria achar conveniente, ele está treinando bem e, quando eu tiver o 'ok', ele será integrado e atuará normamente."

Fora da lista de relacionados dos últimos três compromissos do time, contra Mirassol (vitória por 2 a 1), Corinthians (derrota por 2 a 1) e Madureira, Cueva treina normalmente no CT da Barra Funda. A situação delicada dele no clube também tem a ver com os atrasos em reapresentações, em novembro e em janeiro. Foi multado nas duas ocasiões.

O elenco já se prepara para o duelo contra o Botafogo-SP, no próximo sábado, pela 5ª rodada do Campeonato Paulista, no Morumbi. O time tem 4 pontos e é vice-líder do Grupo B do Estadual, com dois a menos que a Ponte Preta e um a mais que São Caetano e Santo André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.