Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Dorival ainda crê em título: 'Temos que ser realistas e otimistas ao mesmo tempo'

Líder Palmeiras tem cinco pontos de vantagem na ponta faltando apenas duas rodadas para o fim do Brasileirão

Estadão Conteúdo

22 de novembro de 2018 | 10h26

O Flamengo derrotou o Grêmio por 2 a 0, na quarta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e se mantém vivo na luta pelo título do Campeonato Brasileiro. A situação é difícil, já que a vantagem do líder Palmeiras é de cinco pontos (74 a 69) e faltam apenas duas rodadas para o final da competição. É preciso obrigatoriamente vencer Cruzeiro e Atlético-PR e torcer para o rival paulista ganhar no máximo um contra Vasco e Vitória.

O técnico Dorival Júnior sabe das dificuldades, mas não desiste de lutar pelo título nacional. "Temos que ser realistas e otimistas ao mesmo tempo. Esse é o perfil que vamos levar para as últimas rodadas. Vamos acreditar sempre, entender a competição, fazer o possível nessas últimas partidas, contando com o nosso torcedor e mostrando que continuem acreditando. Estamos felizes com a vaga direta na Libertadores, mas não estamos satisfeitos. Nos preparamos para mais", afirmou o treinador rubro-negro.

Neste domingo, o desafio do Flamengo será contra o Cruzeiro, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. "É uma equipe muito bem montada, campeã da Copa do Brasil não por acaso. Temos que ter cuidado e continuar acreditando. Contamos muito com a força da nossa torcida. Vamos lutar por cada bola, cada espaço, cada momento de criação, cada gol. Queremos isso, a torcida acreditando que podemos chegar assim como nós acreditamos aqui", disse Dorival.

Para vencer o Grêmio, o Flamengo contou com dois gols no segundo tempo, quando entraram em campo Jean Lucas e Orlando Berrío. Os dois foram muito elogiados pelo treinador. "Precisávamos de mais força no meio. Diego estava mais inteiro e fez uma excelente partida, voltando a ser o grande jogador que conhecemos e já vimos. A entrada deles fortaleceu com o Jean marcando muito bem e o Berrío explorando jogadas de contra-ataque. Precisávamos disso. Felizmente nos deu o gol e acalmou a partida. A formação desse elenco foi muito bem trabalhada e estudada", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.