Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Dorival assume responsabilidade por derrota e pede tranquilidade ao Santos

Resultado contra a Ferroviária tira o Alvinegro da zona de classificação do Grupo D para a próxima fase

Estadao Conteudo

19 Fevereiro 2017 | 11h40

Dificilmente batido na Vila Belmiro, o Santos somou sua segunda derrota consecutiva em casa no último sábado, ao cair para a Ferroviária por 1 a 0, pelo Campeonato Paulista. O resultado gerou indignação da torcida, que protestou contra alguns jogadores. O técnico Dorival Júnior, no entanto, fez questão de assumir a responsabilidade pelo resultado.

"Sou o responsável pelo resultado que não veio, mas tenho que analisar a produção e nisso a equipe está crescendo. Santos passa por certa turbulência. Temos que encarar, trabalhar com mais intensidade, para buscar soluções. Não tem outro caminho. Temos que enfrentar de peito aberto", declarou.

O resultado tirou o Santos da zona de classificação do Grupo D para a próxima fase do Paulista. E para evitar que um princípio de crise chegue ao clube, Dorival pediu "tranquilidade" na próxima rodada, contra o Ituano, terça-feira, fora de casa.

"Temos que ter tranquilidade para buscar normalidade. Nosso grupo é difícil (no Paulistão), fatalmente todos terão as mesmas dificuldades", disse. "Estamos tentando fazer o nosso melhor. Sempre buscamos o melhor, não nos omitimos até o último instante."

Mais conteúdo sobre:
Santos fc futebol Santos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.