Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Dorival cogita mudar formação do Santos em clássico

'Você tem um risco que tem que mensurar para saber que atitude tomar', diz o técnico

AE, Agência Estado

09 de abril de 2010 | 19h35

Dorival Júnior revelou ter dúvidas sobre a melhor formação do Santos para o clássico de domingo, com o São Paulo, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista. O treinador indicou que poderá abandonar o esquema com três jogadores no ataque.

Veja também:

linkDorival quer ver Santos pronto para conquistar títulos

linkRobinho prega movimentação para superar defesa rival

linkSantos cancela nova visita à entidade espírita

"Você tem um risco que tem que mensurar para saber que atitude tomar", afirmou Dorival, temendo riscos para a defesa santista. "Durante a competição, jogamos com três atacantes e três meias e a equipe correspondeu bem nas duas situações. Também temos a possibilidade de jogar com apenas um atacante. Enfrentaremos um grande adversário e temos que jogar com inteligência", explicou.

O treinador teme que, com a tradicional formação ofensiva, poderá ser surpreendido pelo São Paulo. "Estamos enfrentando um adversário super qualificado, que alcançou um crescimento durante a competição e que tem jogadores de qualidade e acostumados com decisões".

Ao contrário dos últimos jogos do Santos, o clássico de domingo será marcado pelo equilíbrio. "Há um equilíbrio muito grande e jogos como esses são decididos nos detalhes. A perspectiva é que tenhamos grandes jogos", avalia, minimizando a vantagem do Santos de jogar por dois resultados iguais. "A vantagem que temos vai ser aproveitada apenas nos últimos cinco minutos do segundo jogo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.