Dorival contém euforia após 2.ª vitória seguida do Fla

Depois de ver o Flamengo bater o Náutico por 2 a 0, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), no último sábado à noite, e conquistar a sua segunda vitória consecutiva neste Campeonato Brasileiro, o técnico Dorival Júnior conteve qualquer princípio de euforia ao comentar a reação da equipe carioca na competição. Para o comandante, o time ainda precisa evoluir muito, embora na rodada anterior do torneio tenha superado o Figueirense, também por 2 a 0, em Florianópolis.

AE, Agência Estado

12 de agosto de 2012 | 09h22

"A equipe está caminhando, precisa melhorar sobremaneira em alguns aspectos. Já houve evolução, mas não é o ideal", ressaltou o treinador, para depois enfatizar que essas foram apenas atuações "um pouco melhores" do que as anteriores e que o nível de atuação da equipe "ainda não é o que precisamos para a sequência da competição".

Antes de bater Figueirense e Náutico, o Flamengo amargou quatro partidas seguidas sem vitória no Brasileirão. O fim do jejum veio com dois gols de Vagner Love diante do Figueirense. E o atacante marcou mais dois diante do Náutico, fato festejado pelo jogador no último sábado.

"A fase está voltando a ficar boa. E o mais importante é que o Flamengo também está bem. Um centroavante tem que fazer gols sempre, ajudar o time e brigar pela artilharia", ressaltou, antes de salientar, porém, que é preciso seguir em evolução no Brasileirão. "Estamos bem agora, mas ainda falta muita coisa. Ganhamos duas partidas e ponto", acrescentou.

Com a vitória sobre o Náutico, o Flamengo assumiu a nona posição do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos, enquanto a equipe pernambucana ficou em 12.º lugar, com 17.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.