Sérgio Castro/AE
Sérgio Castro/AE

Dorival corta euforia e pede Santos focado no São Paulo

'Agora o objetivo é o São Paulo. Vamos pensar 24 horas por dia nesta partida', exigiu o técnico santista

AE, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 12h08

O Santos obteve mais um grande resultado ao massacrar o Guarani por 8 a 1, na Vila Belmiro, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Resultado, no entanto, que pouco empolgou Dorival Júnior.

Para o treinador santista, os jogadores precisam esquecer a partida de quarta-feira e se manter totalmente focados na semifinal do Campeonato Paulista, domingo, contra o São Paulo.

"Agora o objetivo é o São Paulo. Assim que acabou a partida, nosso foco é a partida de domingo. Vamos pensar 24 horas por dia nesta partida", exigiu o treinador santista, elogiando o adversário de domingo.

"É um jogo completamente diferente, contra uma grande equipe, que mostrou do que é capaz no segundo tempo da partida contra a gente. É uma equipe que merece todo nosso respeito", acrescentou.

Mesmo com o Santos podendo perder por um gol de diferença, após ter vencido o confronto de ida por 3 a 2, Neymar pediu cuidado no domingo. "O São Paulo é uma equipe forte que vai nos dar muito trabalho. Agora vamos nos concentrar neles para conseguirmos um bom resultado", afirmou o atacante, autor de cinco gols na goleada de quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.