Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Dorival diz que Flamengo não pensa no Palmeiras: 'Preocupação é com nossa parte'

Técnico pede que rubro-negro foque suas atenções no próprio desempenho na luta pelo título brasileiro

Estadão Conteúdo

01 Novembro 2018 | 17h22

A sete rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Flamengo precisa ser perfeito e ainda torcer por tropeços do líder Palmeiras se quiser ficar com o título. Mesmo não dependendo apenas de si, o técnico Dorival Júnior garantiu que no clube carioca ninguém está pensando no adversário direto, mas sim somente no próprio trabalho.

"Pensar no Palmeiras é o que menos fazemos. Perdemos a possibilidade do confronto direto, era importante. Reconhecemos a capacidade do Palmeiras e a diferença considerável de pontos. Mas acreditamos muito. A preocupação exclusiva é fazer a nossa parte", declarou nesta quinta-feira.

Com 59 pontos, o Flamengo está a quatro do Palmeiras e não pode pensar em outro resultado que não seja a vitória diante do São Paulo, domingo, no Morumbi. "O próximo resultado terá uma importância muito grande. Não nos preocupamos com mais nada, a não ser com nosso próximo adversário. Fico satisfeito com o futebol que estamos apresentando, mas temos muito a melhorar."

O confronto marcará o reencontro de Dorival com seu antigo clube. No ano passado, o treinador tirou o São Paulo da luta contra o rebaixamento, mas, em 2018, não conseguiu manter a evolução da equipe e acabou demitido na reta final da primeira fase do Paulistão.

"No ano passado, quando cheguei, saímos da 19ª colocação para brigar pela liderança do returno. Acredito ter deixado uma equipe com sustentação. No Brasil, infelizmente, o tempo trabalha contra o treinador. Não tenho nada contra o São Paulo. As pessoas lá foram muito corretas comigo", disse.

Dorival não confirmou, mas a tendência é que o Flamengo repita no fim de semana a escalação do empate contra o Palmeiras, com: César; Pará, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro e Vitinho; Uribe.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.