Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Dorival fecha treino e faz mistério antes de clássico paulista

A principal dúvida é sobre quem ficará com a vaga de Geuvânio

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

08 de setembro de 2015 | 18h57

Dorival Júnior adotou o mistério antes do clássico desta quarta-feira, às 22h, na Vila Belmiro, contra o São Paulo, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois da folga na segunda-feira, os jogadores do Santos se reapresentaram nesta terça-feira e fizerem um treino com portões fechados à imprensa.

A principal dúvida é sobre quem ficará com a vaga de Geuvânio, machucado. Estão na disputa Rafael Longuine, que já atuou contra o Sport, domingo, Neto Berola e Leandro.

"Praticamente não temos tempo para treinar. O treinamento é mais na base da conversa. Não dá para fazer treinos com intensidade maiores, porque depois prejudica o desempenho no jogo", lamentou o volante Renato.

Santos e São Paulo travam uma disputa direta pelo G4. Em ascensão desde a chegada do técnico Dorival Júnior, o Santos é o oitavo colocado, com 34 pontos, quatro a menos do que o São Paulo, que está na zona de classificação para a Copa Libertadores.

Para se aproximar do G4, o Santos confia no ótimo retrospecto na Vila Belmiro. A equipe venceu seus últimos sete jogos em casa (sendo seis pelo Campeonato Brasileiro e pela Copa do Brasil).

O Santos deve enfrentar o São Paulo com Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia e Marquinhos Gabriel; Rafael Longuine (Leandro ou Neto Berola), Gabigol e Ricardo Oliveira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCtreinoDorival

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.