Dorival Júnior aprova atuação e diz que o Santos vai reagir na temporada

Dorival Júnior afirmou que o Santos não será rebaixado no Campeonato Brasileiro se repetir nos próximos jogos o desempenho que teve no clássico deste domingo - derrota para o Palmeiras por 1 a 0, no estádio Allianz Parque, em São Paulo. Apesar do revés, o treinador aprovou a atuação da equipe. "Não estamos entregues. O que vimos hoje (domingo) nos faz acreditar que coisas boas podem acontecer. Isso (rebaixamento) não vai acontecer".

VÍTOR MARQUES, Estadão Conteúdo

19 de julho de 2015 | 19h50

O técnico foi contratado justamente para tirar o time da degola. É o segundo jogo do Santos sob o comando de Dorival Júnior. Na sua estreia, na semana passada, o Santos bateu o Figueirense por 3 a 0,a na Vila Belmiro. O resultado no clássico, no entanto, mantém o time na incômoda zona de rebaixamento, com 13 pontos.

"É questão de tempo para melhorarmos, estamos dando uma resposta. Fizemos um jogo disputado. E o resultado poderia ter sido outro", disse o treinador. Dorival Júnior descartou armar uma equipe fechada, na retranca, em uma tentativa de evitar derrotas como a deste domingo. "Times acovardados não são a minha cara".

Para o atacante Ricardo Oliveira, falta "apenas" o time voltar a ganhar. "Vamos sair dessa situação em breve", garantiu o artilheiro. "Ninguém aqui esperava isso".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCDorival Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.