Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Dorival Júnior diz que Atlético-MG ainda corre perigo

Para técnico, time não pode se dar por satisfeito após deixar zona de rebaixamento e deve continuar lutando

AE, Agência Estado

25 de outubro de 2010 | 08h36

A boa vitória no clássico sobre o Cruzeiro, além de dar ânimo extra aos jogadores, enfim tirou o Atlético Mineiro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, o técnico Dorival Júnior garantiu que a equipe ainda corre perigo e cobrou o apoio do torcedor nas próximas partidas.

Veja também:

linkAtlético-MG exalta luta e palestra após vitória

linkCruzeiro perde para o Atlético-MG e deixa a liderança

BRASILEIRÃO - lista Resultados | tabela Classificação

"É hora do torcedor, novamente, fazer a diferença e empurrar o Atlético, até porque as coisas não estão definidas", afirmou o técnico, lembrando que o Atlético Mineiro está na 16.ª posição com 34 pontos, os mesmos do Vitória, que hoje seria rebaixado.

"É o primeiro momento em que conseguimos sair de uma posição incômoda, mas não podemos nos dar por satisfeitos porque o campeonato não acabou e, com certeza, as dificuldades serão ainda maiores nas últimas rodadas", acrescentou Dorival.

Sobre a vitória por 4 a 3 contra o Cruzeiro, Dorival enalteceu a boa atuação do sistema defensivo do Atlético Mineiro. "O Atlético prevaleceu no primeiro tempo e o Cruzeiro foi mais equipe no segundo. Tivemos a felicidade de nos defender bem e acho que o Atlético fez um jogo inteligente. Necessitando do resultado como estávamos, tínhamos que nos defender a todo custo", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.