Hélvio Romero/AE
Hélvio Romero/AE

Dorival Júnior mantém Madson no ataque do Santos

Sem ainda poder contar com Robinho, lesionado, e Neymar, suspenso, o técnico manterá dois volantes no time

AE, Agencia Estado

24 de março de 2010 | 17h37

O técnico Dorival Júnior praticamente confirmou a equipe que enfrentará o Botafogo, fora de casa, pelo Campeonato Paulista, nesta quinta-feira. Sem ainda poder contar com Robinho, lesionado, e Neymar, suspenso, o técnico manterá dois volantes no time - Rodrigo Mancha e Arouca - e Madson no ataque.

A única dúvida fica na lateral direita. Com Wesley suspenso e Maranhão lesionado, Roberto Brum e George Lucas brigam pela posição. "A única mudança é na lateral, já que o Maranhão, que deveria ocupar a vaga, sentiu dores coxa direita e não será relacionado. Assim, teremos duas opções para o setor: Roberto Brum ou George Lucas", explicou Dorival Júnior nesta quarta-feira.

Embora lamente as ausências de Neymar e Robinho, dois dos principais jogadores da equipe, o treinador acredita em uma boa apresentação da equipe. "O Santos tem se destacado pelo conjunto. Temos utilizado diferentes formações e mantivemos boa média. Lógico que Neymar e Robinho são desfalques, mas o grupo conseguirá suprir as ausências", disse.

Assim, o Santos deve jogar com: Felipe; George Lucas (Roberto Brum), Edu Dracena, Durval e Pará; Rodrigo Mancha, Arouca, Marquinhos e Paulo Henrique; Madson e André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.