Dorival Júnior minimiza jejum do Vasco na Série B

Com sua equipe sem vencer há cinco jogos na Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Dorival Júnior tratou de se manter otimista nesta segunda-feira. Para ele, o momento ruim é passageiro, e o Vasco voltará em breve a vencer. A esperança do treinador é que os três pontos venham já nesta terça, quando o time recebe o Bragantino em São Januário. Assim, poderia retornar ao G-4, de onde saiu e precisa voltar para garantir o principal objetivo vascaíno no ano.

AE, Agencia Estado

29 de junho de 2009 | 20h18

"Não vejo o Vasco em um momento ruim. Não quero acreditar que esses resultados comprometam todo o trabalho que está sendo desenvolvido. O Vasco teve apenas três derrotas na temporada", destacou Dorival, lembrando o bom aproveitamento que tem no comando da equipe. "O Vasco vive um momento de instabilidade e espero que a equipe tenha equilíbrio suficiente para conseguir os resultados nas próximas rodadas", completou o treinador.

Para a partida desta terça, o técnico manterá a mesma formação do empate com o Figueirense. Ainda sem o goleiro Tiago, os zagueiros Fernando e Gian, e o atacante Rodrigo Pimpão, todos lesionados, Dorival quer priorizar o entrosamento dos que entraram. No ataque, Robinho fará sua estreia em São Januário e formará dupla com Carlos Alberto, que pode estar se despedindo do clube, ainda sem um acordo para a renovação do empréstimo junto ao Werder Bremen, da Alemanha.

Diante do Bragantino, às 21 horas desta terça-feira, o Vasco irá a campo com a seguinte escalação: Fernando Prass; Paulo Sérgio, Vílson, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima e Alex Teixeira; Carlos Alberto e Robinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.